Briga generalizada e tiros interrompem show em Juazeiro; vídeo

 

O cantor Thiago Aquino se apresentava no evento

Uma festa que acontecia na madrugada deste domingo (31), em Juazeiro, na Bahia, foi interrompida por uma briga generalizada. Tiros foram disparados perto do espaço onde aconteciam as apresentações, segundo a Polícia Militar.

O cantor Thiago Aquino se apresentava no evento. Imagens compartilhadas nas redes sociais mostram diversas pessoas brigando, arremessando cadeiras e mesas que estavam no espaço da festa. Não há informações sobre feridos.

De acordo com o Comando de Policiamento da Região Norte (CPRN), a festa tinha segurança privada e foi autorizada pela prefeitura municipal.

Segundo o Comando, equipes da 74ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) deslocaram até o local do evento e realizaram rondas, mas não identificaram os autores dos disparos. Ninguém foi preso.

Em nota, a prefeitura de Juazeiro informou que não tem responsabilidade sobre a segurança interna de eventos particulares, e que a única obrigação é verificar se está sendo cumprido o decreto estadual que prevê a liberação de eventos com venda de ingressos para público de até 1.200 pessoas. Todos os participantes e funcionários da festa devem comprovar que tomaram as duas doses de vacina contra a covid-19.

"A Semaurb esclarece que o evento ocorrido no bairro João Paulo II, no último dia 30 de outubro, foi autorizado, mediante a comprovação dos requisitos sanitários exigidos pelo decreto do Governo do Estado. Além disso, o setor de Ordenamento Urbano também orientou o proprietário sobre as normas de segurança interna e externa do ambiente, cabendo a ele providenciar. O que aconteceu além disso durante e após a realização do show não cabe à Prefeitura de Juazeiro, mas as autoridades policiais averiguar, após acionamento do dono da casa de shows", diz nota.

O Correio tentou entrar em contato com a produção do cantor Thiago Aquino, mas não conseguiu até o momento. 

Prefeitura de Juazeiro se manifesta após briga generalizada durante festa em Juazeiro

A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaurb), esclarece que é obrigação dos organizadores de festas promover a segurança interna do local onde o evento é realizado.

 

A responsabilidade do poder público quanto à autorização para realização do evento é verificar se estão sendo cumpridas as normas e o que determina o Decreto Estadual de 9 de outubro, que prevê a liberação de eventos com venda de ingressos para público de até 1.200 pessoas, mediante a comprovação das duas doses de vacina contra a Covid-19, tanto para as pessoas que estão trabalhando quanto para o público.

 

A Semaurb esclarece que o evento ocorrido no bairro João Paulo II, no último dia 30 de outubro, foi autorizado, mediante a comprovação dos requisitos sanitários exigidos pelo decreto do Governo do Estado. Além disso, o setor de Ordenamento Urbano também orientou o proprietário sobre as normas de segurança interna e externa do ambiente, cabendo a ele providenciar. O que aconteceu além disso durante e após a realização do show não cabe à Prefeitura de Juazeiro, mas as autoridades policiais averiguar, após acionamento do dono da casa de shows. 


Postagem Anterior Próxima Postagem