Polícias deflagram operação em repressão a crimes contra o patrimônio


A Polícia Civil da Bahia fez 36 prisões na Operação Voleur

Polícias Civis dos 26 estados e do distrito federal deflagraram nesta quarta-feira (17) a operação Voleur, de repressão a crimes contra o patrimônio, em especial à subtração de aparelhos celulares.

 

operação é coordenada pelo Conselho Nacional dos Chefes de Polícia (CONCPC) e integra ações policiais desencadeadas em todos os estados para reprimir crimes de roubo, furto, receptação, com cumprimento de prisões e de buscas e apreensões. Na Bahia, a Polícia Civil empregou um efetivo de 197 policiais no cumprimento de 87 prisões e 11 mandados de buscas e apreensões, resultado de investigações que vem sendo coordenadas por delegacias especializadas e municipais em diferentes regiões do estado.

 

O nome Voleur é uma referência a quem pratica crimes contra o patrimônio, roubando ou furtando para si o que não lhe pertence.

A polícia civil da bahia cumpriu 29 mandados de prisão nesta quarta-feira (17), durante a operação voleur, coordenada pelo conselho nacional dos chefes de polícia (concpc). As ações tiveram como objetivo reprimir crimes contra o patrimônio, em especial a subtração de aparelhos celulares. Além disso, sete pessoas foram presas em flagrante e três adolescentes apreendidos durante as diligências.

 

A Polícia Civil da Bahia cumpriu 29 mandados de prisão nesta quarta-feira (17), durante a Operação Voleur, coordenada pelo Conselho Nacional dos Chefes de Polícia (CONCPC). As ações tiveram como objetivo reprimir crimes contra o patrimônio, em especial a subtração de aparelhos celulares. Além disso, sete pessoas foram presas em flagrante e três adolescentes apreendidos durante as diligências.

 

A operação desencadeada em todos os estados visa reprimir crimes de roubo, furto, receptação, com cumprimento de prisões e de buscas e apreensões. Participaram da operação 286 policiais civis em toda a Bahia. As equipes cumpriram também 16 mandados de busca e apreensão. As determinações judiciais citadas foram resultado de investigações de delegacias especializadas e territoriais em diferentes regiões do estado.

 

Alguns exemplos de municípios em que houve cumprimento de mandado são Jequié, Vitória da Conquista e Feira de Santana. Neste último, ocorreram ações nos bairros Aviário, Brasília, Cidade Nova, Jardim Cruzeiro, Novo Horizonte e Queimadinha; em Conquista, foram presos dois homens por roubo majorado.

 

Entre os resultados da operação, estão também três veículos, três armas de fogo e 29 celulares apreendidos. Os Departamentos de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), de Polícia do de Polícia Metropolitana (Depom), de Polícia do Interior (Depin) integraram as ações, supervisionadas pela Assessoria Executiva de Operação de Polícia Judiciária (Aexpj).

 Ascom-concpc / Tony Silva / PC-Bahia



Postagem Anterior Próxima Postagem