Aliado de Bolsonaro, general deputado do PSL seguirá no União Brasil, diz coluna

Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados

Após a criação do União Brasil ter sido confirmada pelo TSE nesta terça-feira (8), a saída de quase todos os deputados do PSL ligados a Jair Bolsonaro já era esperada e a expectativa é que entre 20 e 30 parlamentares deixe a nova sigla, derivada da fusão entre DEM e PSL. É o caso de Eduardo Bolsonaro, que já assinou ficha no PL.
 
Mas nem todo bolsonarista deve acompanhar o grupo na debandada. Segundo publicação do Blog do Noblat, do Metrópoles, o general Peternelli (PSL-SP) disse que irá seguir no União Brasil. “Acho que posso ajudar o presidente no União Brasil. Não preciso sair do PSL agora, nem do União Brasil depois” – disse Peternelli.
Postagem Anterior Próxima Postagem