Sem-teto espancado por personal é convidado para ser deputado


Quatro partidos políticos tentam contato com Gilvan Alves de Souza, 48 anos, o sem-teto que foi agredido pelo personal trainer, Eduardo Alves, após ser flagrado tendo relações sexuais com a mulher dele. A informação foi divulgada pelo site @Metrópoles .

Segundo a publicação, os partidos políticos querem lançar Gilvan como candidato a deputado nas próximas eleições. A ideia é lançá-lo na disputa por uma cadeira na Câmara dos Deputados ou na Câmara Legislativa (CLDF).

Os convites aconteceram depois que uma entrevista com o sem-teto viralizou nas redes sociais, nesta quinta-feira (24). No bate-papo, Gilvan contou a sua versão do caso e disse que não se arrepende de ter tido relações sexuais com a missionária. 

Postagem Anterior Próxima Postagem