Na Bahia, pesquisa aponta vitória de ACM Neto no primeiro turno

Foto: divulgação

Levantamento do site Informe Baiano/Séculus realizado entre os dias 20 e 22 de abril e divulgado nesta quinta-feira (28) aponta vitória, nos três cenários pesquisados, do pré-candidato ao Governo da Bahia, ACM Neto (União Brasil). O ex-prefeito de Salvador aparece com mais que o triplo das intenções de voto de Jerônimo Rodrigues. Portanto, se a eleição fosse hoje, venceria no 1º turno.

O estudo espontâneo, quando não são apresentados ao entrevistado os nomes, ACM Neto lidera com 39,19%. Jerônimo Rodrigues (PT) soma 9,40% e João Roma (PL) tem 5,21%. Em seguida aparecem Rui Costa 1,99%; Kleber Rosa (PSOL) 0,13%; Giovani Damico (PCB) 0,13%; Davi Salomão 0,06%; Lula 0,06%; e Jean 0,06%. Não sabem/não opinaram 43,31% e Nenhum/nulo somam 0,39%.

No primeiro cenário estimulado (quando são apresentados os nomes dos postulantes), Neto aparece com 61,54% das intenções de voto. Jerônimo, em segundo lugar, pontua 11,26%. Em seguida, aparece o deputado federal João Roma (PL) com 5,47%. Os professores Kleber Rosa (PSOL) e Giovani Damico (PCB) assinalam 0,77% e 0,45%, respectivamente. Nenhum/nulo somam 8,30% e não sabem/não opinaram 11,90%.

No segundo cenário estimulado, quando os nomes de Jerônimo e Roma são associados com apoiadores, há uma mudança significativa. Neto, como candidato independente, tem 56,05%. O segundo colocado é Jerônimo, que com o apoio de Jaques Wagner, Rui Costa e Lula, alcança 19,43%. João Roma com o apoio do presidente Jair Bolsonaro atinge 7,85%. Nenhum/nulo somam 7,27% e não sabem/não opinaram são 9,40%.

Registro

Foram entrevistadas 1.526 pessoas com 16 anos ou mais de forma presencial, em 72 municípios baianos, entre os dias 20 e 22 de abril deste ano. A margem de erro da amostragem é de 2,5%, para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o nº BA-09727/2022.

Postagem Anterior Próxima Postagem